terça-feira, setembro 12, 2006

APCC do Centro quer construir lar/residencial

O Núcleo do Centro da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC) pretende construir um lar/residencial para famílias afectadas pela paralisia cerebral, dirigido para pais e filhos.A APCC já tem o projecto arquitectónico de um lar/residencial que terá por objectivo «apoiar casos com graves dificuldades – de alimentação, de cuidados de higiene», mas que aguarda, neste momento, a disponibilização de um terreno.Teresa Paiva, um dos elementos da direcção da APCC, garantiu ao Diário As Beiras, que o novo projecto visa disponibilizar ajuda para pais que estejam já «numa idade em que começam eles próprios a necessitarem do apoio dos filhos. Apoio que não têm, porque os filhos o não podem dar», ou seja, o lar destina-se a pessoas com mais de 65 anos de idade.